Por que Kamoran é tão eficaz no controle das bactérias na fermentação?

Os problemas da contaminação bacteriana na fermentação etanólica são bastante conhecidos, mas os prejuízos nem sempre devidamente mensurados.
Em condições de média a alta contagem de bactérias, as perdas podem atingir 3% da produção diária de etanol, dependendo da espécie predominante.
Assim, o controle rápido e efetivo com um antibacteriano eficaz é crucial para manter o rendimento em níveis elevados.
As características de Kamoran o fazem o antibacteriano mais eficaz no processo de fermentação:

  • Fórmula de alta concentração e pureza – melhor custo por aplicação;
  • Baixa toxicidade à levedura – mantém a viabilidade alta;
  • Estável em pH ácido – pode ser aplicado nas cubas de fermento;
  • Amplo espectro de ação – controla a maioria das bactérias contaminantes;
  • Age em baixas concentrações (MIC) – economia na aplicação;
  • Efeito bactericida sobre os lactobacilos mais agressivos e floculantes;
  • Efeito bacteriostático – mantém a contaminação baixa por mais tempo;
  • Mecanismo de ação ionoforético – menor risco de induzir resistência;

Tudo isso, aliado ao suporte técnico da Química Real, se traduz em mais etanol por safra!

LEIA MAIS